Imposto de Renda: MEI precisa declarar?

Falta pouco menos de um mês para começar a enviar a declaração de Imposto de Renda (IR). Mas, se você é um Microempreendedor Individual (MEI) provavelmente tem algumas dúvidas sobre como funciona. Então vamos esclarecer! Os MEIs são isentos do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, mas muita gente acha que o mesmo fica dispensado também de declarar o IRPF, o que não é verdade.

O faturamento máximo de um MEI é de R$ 81 mil por ano e rendimentos abaixo deste patamar não precisam ser declarados. É importante, contudo, entender que a empresa (pessoa jurídica) é diferente da sua pessoa física. O ideal é ter, inclusive, contas separadas.

Isso significa que, quem é Microempreendedor Individual precisa declarar o IR caso tenha outros rendimentos, como pessoa física. Ou seja, se esses rendimentos vindos de outra fonte de renda em 2018 forem superiores à barreira de isenção (atualmente em R$ 28.559,70, ou R$ 1.903,98 mensais) é necessário fazer a declaração normalmente, usando o CPF.

DECLARAÇÃO ANUAL DO SIMPLES NACIONAL (DASN)

Uma das obrigações para quem é MEI é fazer uma vez por ano a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN – SIMEI), informando à Receita Federal o faturamento do ano anterior e se tinha emprego contatado.

Nessa declaração, em relação ao faturamento anual declarado, é preciso que se coloque tudo que a empresa arrecadou pelo serviço prestado ou vendas. Ou seja, é necessário que você insira, caso sua empresa seja de vendas, tudo o que vendeu. Lembrando que organizações categorizadas como MEI só podem contratar um funcionário.

O prazo para essa declaração vai até o dia 31 de maio de 2019, e pode ser feita aqui: https://bit.ly/2SiuQI3


QUAIS O GASTOS PARA SER MEI
?

Uma pessoa jurídica MEI é obrigada a pagar mensalmente um valor fixo, que inclui ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) ou ISS (Imposto sobre Serviços) e a contribuição à Previdência.


CERTIFICADO DIGITAL

Se você é MEI a Ágil Consulta, Distribuidor Autorizado da Serasa Experian, oferece um serviço de certificado digital. O NF-e é um certificado para emissão de notas fiscais, com várias opções de modelos, de acordo com a necessidade da sua empresa. Pode ser emitido para o funcionário que você desejar, não necessitando ser o representante na Receita Federal; basta ter uma procuração que o autorize.

Confira mais sobre o serviço aqui: https://bit.ly/2Bxpm26

Leave a Reply