Cartão virtual. O que é e como funciona?

A clonagem de cartão de crédito é a fraude mais comum no Brasil. De acordo com pesquisa da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), entre abril de 2018 e março de 2019, cerca de 3.65 milhões de brasileiros tiveram seus cartões de créditos clonados.

Uma alternativa segura é o cartão de crédito virtual. Ele é utilizado para o pagamento de compras online.

A solicitação do serviço pode ser feita via aplicativo ou internet banking e o cliente receberá um número temporário para compras nacionais e internacionais. A isenção da taxa de manutenção cobrada pela operadora e a escolha do valor limite para a compra são duas das principais vantagens do método de pagamento.

Durante o pedido, o cliente pode escolher o número de transações e o período de duração. Além disso, ele pode ser gerado sem custos pela sua instituição financeira para a realização de transações virtuais, seja ela Banco do Brasil ou Nubank.

Mas, antes de solicitar, é importante frisar que as empresas possuem regras específicas e o cliente deve esclarecer o que não entendeu diretamente com eles.

Quer evitar cair em golpes na hora da sua compra? Confira quatro dicas que separamos para você!

Diferença entre virtual e digital

Dúvidas surgem quando falamos das modalidades dos cartões, porém, são poucas as semelhanças entre o virtual e o digital. O primeiro é um serviço disponibilizado para os clientes que possuem o cartão de crédito físico e procuram por mais segurança em algumas transações.

Já o cartão digital é totalmente online, com as mesmas funções do crédito e taxas zeradas ou mais baixas que o normal. Além disso, pode ser feito via aplicativos, como os da Digio e Next.

Leave a Reply